Arquivo do mês: abril 2017

Vale a Pena Investir em Consórcio?

O consórcio consiste em um procedimento financeiro no mercado. É uma espécie de poupança “forçada” em que você tem como objetivo conseguir bens como casas ou carros, por exemplo. O sistema é baseado na contribuição mensal de um determinado valor entre todas as pessoas que estão ligadas ao consórcio, e elas podem acabar ganhando um sorteio de um dos bens a qualquer momento.

É frequente as pessoas optarem diretamente para o consórcio, pois elas não costumam ter a quantia integral para adquiri-lo. Vamos explicar a seguir como funciona de maneira rápida e simples:

Imagine que o Seu Zé queira adquirir uma casa popular de 100 mil reais, mas só tenha em conta 15 mil reais. Analisando este caso, ele teria que economizar por vários meses para poder comprá-lo, ou há a possibilidade de se juntar com outras pessoas na mesma situação para entrar em consórcio e, aos poucos, casas na fazenda rio grande vão sendo adquiridas por todas elas. Ao entrar neste sistema, todos os envolvidos precisam pagar uma taxa estabelecida pela empresa mensalmente. Assim então é formado um fundo, em que o valor arrecadado será usar para presentear uma das pessoas com o valor necessário para comprar o patrimônio.

Porém, é preciso ressaltar que se o Seu Zé for o sortudo ganhador deste prêmio, ele terá que continuar pagando todas as prestações até o momento que o último participante também ganhar o valor para comprar o que deseja. Pode não ser muito vantajoso, e ainda existe a taxa de administração do seu dinheiro, como afirma matéria da Exame. Portanto, vale a pena investir em algum consórcio ou ainda o financiamento é a melhor solução?

Bom, podemos adiantar que existe menos burocracia e estresse do que qualquer financiamento que você for fazer por aí, pois não é necessário mostrar formalmente a sua renda. Mas não pense que é o esquema é tão tranquilo assim, pois qualquer deslize com o pagamento periódico das parcelas vão trazer grandes dores de cabeça para você. Portanto, crie um planejamento para pagar tudo em dia corretamente.

Porém, um ponto negativo em relação ao consórcio está na relação com o financiamento, pois especialistas afirmam que você pode sim ser contemplado rapidamente no sorteio, mas caso ocorra o contrário, você poderá pagar muito mais pelo valor do bem por meio do consórcio do que em um financiamento comum de alguns anos.

Talvez o consórcio seja uma opção mais interessante para aquelas pessoas que gostam de comprar por impulso e estão sempre endividadas. São indivíduos que não tem uma educação financeira e não capazes de criar uma poupança. Neste caso, esta pode ser uma alternativa para eles conseguirem finalmente adquirir algum bem, pois será uma espécie de poupança obrigatória. Esta será mais uma conta para eles pagarem mensalmente. Em resumo, eles pagarão um valor para uma empresa administrar o seu dinheiro.

Enfim, existem pontos positivos e negativos no investimento do consórcio.  Sempre leia bem o contrato e tire todas as dúvidas antes de assiná-lo para não se arrepender. Lembre-se que é um sistema cooperativo e você depende do comprometimento dos demais participantes.