Maca Peruana – O Viagra Natural dos Incas

Há um tempo comecei a consumir maca peruana diariamente, porque era uma das estratégias que tem me ajudado a tratar certos problemas hormonais de forma natural e assim poder deixar de tomar os medicamentos artificiais (que, entre outras coisas, são muito acidificantes).

maca peruana o viagra dos incas

Tinha provado uma marca de maca peruana, mas eu não gostava muito, então testei uma da marca extrasize e é a minha favorita. A maca peruana é vendida em todo o mundo como um alimento, mas no Brasil foi classificada como suplemento!

Isto tem a ver com as muitas propriedades afrodisíacas da maca peruana e porque se vende como o viagra natural dos Incas e coisas pelo estilo. No entanto, a maca peruana é um alimento, que não atua da mesma forma que um fármaco tradicional, mas que podemos obter seus benefícios, se a consumimos de forma continuada. Espero que isso mude em breve e possamos ter acesso fácil a maca de boa qualidade!

Mas, afinal o que é a maca peruana?

A maca cresce na região dos Andes, a uma altitude de cerca de 4.000 metros. Por conseguinte, é uma espécie que possui características e propriedades que lhe permitem sobreviver em condições extremas de frio, pouco oxigênio, ventos fortes e intensa luz solar.

A Maca pertence à família de plantas brassicaceae (brócolis, couve-flor, repolho, rabanetes, etc.). Sua raiz cresce como um tubérculo debaixo da terra e é relativamente maior em tamanho do que os rabanetes, e a sua a raiz da parte principalmente é utilizada para a elaboração de diferentes produtos. As folhas crescem no chão e também produz uma pequena flor de quatro pétalas, de cor esbranquiçada.

Benefícios Da Maca Peruna

A maca peruana é classificada como um adaptógeno, isto é, uma substância nutritiva que é capaz de regular e equilibrar a capacidade física, química e biológica de fazer frente ao estresse. Em geral pode-se dizer que um adaptógeno, não tem efeitos tóxicos do corpo, o que produz uma resposta adaptativa ao estresse e ajuda o corpo a recuperar a homeostase.

De acordo com diversos estudos, a maca tem sido classificada como um superalimento capaz de oxigenar o sangue, aumentar os níveis de resistência e energia, regular as funções dos neurotransmissores e a libido.

Também ajuda no funcionamento adequado do sistema endócrino, sendo benéfica para a saúde das glândulas de rodapé e a tiróide.

Propriedades e composição

A maca peruana é composta por cerca de 59% de carboidratos, 10% de proteína, 8 % de fibra e 2% de lipídios.

A maca é rica em cálcio, magnésio, fósforo, potássio, enxofre, sódio, ferro e contém oligoelementos como zinco, iodo, cobre, selênio bismuto, manganês e silício. Além disso, é rica em vitaminas B1, B2, C e E.

Como tomar

Por ser um superalimento, a maca pode ser usada em grandes quantidades em comparação a outras ervas medicinais, sem produzir efeitos colaterais adversos. Geralmente, a Maca é obtido, uma vez que foi desidratada, em pó ou farinha.

Desta forma, você pode incluir em shakes, chás, café, leites vegetais, iogurte, produtos assados, sobremesas, doces, saladas, molhos, geleias, sopas,etc., A Maca atua como um emulsionante, propriedade que permite misturar melhor maneira de óleos ou gorduras com amidos e açúcares, obtendo melhores texturas e sabores.

Dose recomendada

Se bem que a Maca é segura e pode ser consumida em doses elevadas sem efeitos adversos. Como tudo, em excesso pode causar efeitos não desejados. Portanto, é recomendável começar com pequenas doses e ir aumentado progressivamente.

Se você precisa de um mínimo de 10 gramas (1 colher de sopa) diária para poder perceber os efeitos benéficos, sendo o ideal consumir 20 gramas. Além disso, é aconselhável parar de comprar maca durante uma semana por cada mês de consumo. Muitas vezes essa pausa no consumo de superalimentos pode potencializar seus benefícios.

Espero que esta informação sirva e que tenham um dia maravilhoso!!!

Vale a Pena Investir em Consórcio?

O consórcio consiste em um procedimento financeiro no mercado. É uma espécie de poupança “forçada” em que você tem como objetivo conseguir bens como casas ou carros, por exemplo. O sistema é baseado na contribuição mensal de um determinado valor entre todas as pessoas que estão ligadas ao consórcio, e elas podem acabar ganhando um sorteio de um dos bens a qualquer momento.

É frequente as pessoas optarem diretamente para o consórcio, pois elas não costumam ter a quantia integral para adquiri-lo. Vamos explicar a seguir como funciona de maneira rápida e simples:

Imagine que o Seu Zé queira adquirir uma casa popular de 100 mil reais, mas só tenha em conta 15 mil reais. Analisando este caso, ele teria que economizar por vários meses para poder comprá-lo, ou há a possibilidade de se juntar com outras pessoas na mesma situação para entrar em consórcio e, aos poucos, casas na fazenda rio grande vão sendo adquiridas por todas elas. Ao entrar neste sistema, todos os envolvidos precisam pagar uma taxa estabelecida pela empresa mensalmente. Assim então é formado um fundo, em que o valor arrecadado será usar para presentear uma das pessoas com o valor necessário para comprar o patrimônio.

Porém, é preciso ressaltar que se o Seu Zé for o sortudo ganhador deste prêmio, ele terá que continuar pagando todas as prestações até o momento que o último participante também ganhar o valor para comprar o que deseja. Pode não ser muito vantajoso, e ainda existe a taxa de administração do seu dinheiro, como afirma matéria da Exame. Portanto, vale a pena investir em algum consórcio ou ainda o financiamento é a melhor solução?

Bom, podemos adiantar que existe menos burocracia e estresse do que qualquer financiamento que você for fazer por aí, pois não é necessário mostrar formalmente a sua renda. Mas não pense que é o esquema é tão tranquilo assim, pois qualquer deslize com o pagamento periódico das parcelas vão trazer grandes dores de cabeça para você. Portanto, crie um planejamento para pagar tudo em dia corretamente.

Porém, um ponto negativo em relação ao consórcio está na relação com o financiamento, pois especialistas afirmam que você pode sim ser contemplado rapidamente no sorteio, mas caso ocorra o contrário, você poderá pagar muito mais pelo valor do bem por meio do consórcio do que em um financiamento comum de alguns anos.

Talvez o consórcio seja uma opção mais interessante para aquelas pessoas que gostam de comprar por impulso e estão sempre endividadas. São indivíduos que não tem uma educação financeira e não capazes de criar uma poupança. Neste caso, esta pode ser uma alternativa para eles conseguirem finalmente adquirir algum bem, pois será uma espécie de poupança obrigatória. Esta será mais uma conta para eles pagarem mensalmente. Em resumo, eles pagarão um valor para uma empresa administrar o seu dinheiro.

Enfim, existem pontos positivos e negativos no investimento do consórcio.  Sempre leia bem o contrato e tire todas as dúvidas antes de assiná-lo para não se arrepender. Lembre-se que é um sistema cooperativo e você depende do comprometimento dos demais participantes.